O CNCFlora integra a Diretoria de Pesquisas do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro e foi criado no final de 2008 como uma Coordenação Geral, conforme estabelecido na Portaria MMA nº 401 de 11 de setembro de 2009, com a missão de prevenir a extinção de espécies da flora brasileira. A Portaria n° 43 do Ministério do Meio Ambiente, de 31 de janeiro de 2014, referendou e ampliou as atribuições do CNCFlora, que são:

 

  • Organizar e gerenciar informações científicas disponíveis sobre espécies da flora brasileira e sobre os processos ecológicos associados, por meio de um sistema de informações capaz de subsidiar as avaliações de risco de extinção e planejar as ações para a conservação destas espécies;
  • Avaliar o estado de conservação das espécies da flora brasileira, subsidiando a atualização periódica da Lista Nacional Oficial das Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção;
  • Elaborar e publicar os PAN para as espécies da flora brasileira, em articulação com o Instituto Chico Mendes, quando executar, no âmbito de suas competências, as ações previstas nos PAN para as espécies da flora brasileira;
  • Captar e mobilizar recursos para a implementação do Pró-Espécies, em articulação com o Ministério do Meio Ambiente;
  • Formalizar os atos ou instrumentos de cooperação com parceiros externos para a elaboração dos PAN; e
  • Elaborar mapas de ocorrência e de áreas prioritárias para a conservação das espécies ameaçadas da flora brasileira.

Responsável: Gustavo Martinelli

Livro vermelho da flora do Brasil

Após a publicação do primeiro Livro Vermelho da Flora do Brasil no final de 2013, contendo o resultado de mais de dois anos de trabalho na avaliação de risco de 4.617 espécies da flora do Brasil, em 2014 o CNCFlora centrou esforços na avaliação do risco de extinção de espécies raras da flora do bioma Cerrado, contemplando 610 espécies do bioma, e o Livro Vermelho das Espécies Raras do Cerrado (Martinelli et al. 2014) foi publicado em dezembro deste ano. Vale destacar que o primeiro Livro Vermelho da Flora do Brasil foi vencedor do Prêmio Jabuti 2014 na categoria Ciências Naturais.

Programa Nacional de Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção – Pró-Espécies

Em 2014, foi instituído o Programa Nacional de Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção – Pró-Espécies, atribuindo ao Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro a elaboração de mapas de áreas prioritárias para conservação da flora. A partir dessa atribuição foi desenvolvido o projeto Áreas prioritárias para conservação e uso sustentável da flora brasileira ameaçada de extinção que tem como objetivo indicar áreas prioritárias para conservação e uso sustentável em todo o território nacional, para que o Brasil diminua o risco de extinção das espécies da flora. O projeto é uma parceria entre o CNCFlora e o Laboratório de Bioeografia da Conservação (CB-Lab) da Universidade Federal de Goiás, dirigido pelo Prof. Rafael Loyola.

a) O livro “Áreas Prioritárias para Conservação e Uso Sustentável da Flora Brasileira Ameaçada de Extinção” é um importante instrumento para elaboração de políticas públicas, pois indica as localidades no território nacional onde ações para reduzir o risco de extinção de espécies da flora brasileira podem ser mais efetivas.

Projeto Lista Vermelha da Flora

Responsável: Tainan Messina

 

 http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/

 http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/listavermelha