A Coleção Etnobotânica (RBetno) do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) é a mais recente coleção correlata do Herbário do JBRJ (RB). Tem como objetivo contribuir para a interpretação do “mundo botânico” para o público em geral, apoiando a pesquisa e o ensino em biologia vegetal, visando a valorização dos conhecimentos sobre as plantas úteis associados à história da humanidade. Visa visa construir uma ponte importante entre a diversidade biológica e cultural, e pode vir a ser um recurso valioso para o estudo da planta utilizada no passado, presente e no futuro. Esta vem sendo gerenciada pela Diretoria de Pesquisas do JBRJ, dentro do escopo da Curadoria do Herbário RB.

Foi registrada em 2012 no Index Herbariorum e consiste em uma coleção de plantas úteis, seus parentes selvagens bem como artefatos, itens derivativos de vegetais e com informações relacionadas ao seu respectivo uso.

As amostras e/ou produtos vem sendo adquiridos e incorporados como testemunhos do conhecimento local relacionado à história e a utilização da espécie. Estas amostras vem sendo reconhecidas pelo acrônimo – RBetno.

O principal critério para inclusão de amostras nessa coleção é que sejam provenientes da flora útil e que se encaixem em uma ou mais categorias, como:

– artefato e/ou item derivativo de vegetais relevantes em termos de uso cultural e/ou econômico;

– artefato e/ou item derivativo de vegetais referentes a espécies raras e/ou ameaçadas e úteis.

A Coleção segue as normas estabelecidas pela CDB e a atual Medida Provisória 2.186-16/01, como também os códigos de ética, como a Declaração de Belém (2004) e Sociedade Internacional de Etnobiologia (2006).

Até o momento há registro de cerca de 200 artefatos/produtos, devidamente catalogados e disponíveis para consulta (apenas presencial). Cada artefato tem um número de acesso, à base de dados da RBetno, com informações sobre: nome científico e vernacular, origem, doador, data da doação, coletor e data de coleta, uso, uso detalhado, parte utilizada e observações.

Atualmente, a RBetno é composta por artefatos de uso medicinal, seguida de artesanal, assim como ferramentas e utilitários do sudeste do Brasil. Cerca de 20% dos itens da coleção são oriundo de produtos confeccionados a partir de espécies da família botânica Arecaceae.

Responsável: Viviane Stern da Fonseca-Kruel

 


 http://www.herbariovirtualreflora.jbrj.gov.br/jabot/herbarioVirtual

http://apps.kew.org/ecbot/search

http://emuweb.fieldmuseum.org/botany/search_eb.php