A Rede Laboratorial da Diretoria de Pesquisas Científicas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro é composta por seis laboratórios: Algas, Biologia Molecular de Plantas, Bioquímica de Algas e Plantas, Botânica Estrutural, Micologia e Sementes. A Rede Laboratorial foi inaugurada em 2002, sendo continuamente modernizada com aquisição de novos equipamentos e incorporação de novas técnicas, que viabilizam a análise de amostras de organismos vegetais oriundas de coleta ou cultivo e a realização de experimentos in vivo e in vitro. Fornece suporte a diversos projetos de pesquisa, desenvolvidos por pesquisadores, estudantes e colaboradores do Jardim Botânico, o que faz da Rede Laboratorial uma infra-estrutura fundamental para a produção científica da instituição.

A Rede Laboratorial é gerida por um Assessor Técnico da Diretoria de Pesquisas em conjunto com Comitês Gestores dos Laboratórios, formados pelos coordenadores dos laboratórios e pesquisadores associados. A Rede conta em seus quadros com sete técnicos laboratoriais, responsáveis pelo acompanhamento e execução de análises e organização da estrutura, sendo um técnico dedicado a aquisições de materiais e equipamentos e práticas de biossegurança dos laboratórios.

Responsável: Leandro Freitas